Visita Fraterna

“... Porque tive fome e deste-me de comer; tive sede e deste-me de beber; era peregrino e recolheste-me; estava nu e deste-me de vestir; adoeci e visitaste-me; estive na prisão e fostes ter comigo... Em verdade vos digo: Sempre que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos a mim mesmo o fizeste...”  ( Mt., XXV: 35 a 40 )

A Visita Fraterna tem como finalidade principal levar aos irmãos mais necessitados o nosso carinho, o nosso amor, a nossa presença , compartilhando com eles as bênçãos de Jesus e dos Trabalhadores Espirituais da Falange de João Batista.

Desde sua fundação, o CEACE colocou em prática a atividade Visita Fraterna, primeiro visitando e ajudando, uma vez por mês, o Abrigo Tereza de Jesus, a Instituição Vicente Moretti, e outras do gênero; quando, então, um grupo seleto de senhores acompanhavam o Sr. Antônio dos Santos para entregar à Instituição a contribuição recolhida entre os trabalhadores e frequentadores da Casa e levar àqueles que lá estavam uma palavra de conforto e esperança. Tempos depois,  já um grupo de homens e mulheres, mensalmente, passaram a visitar o Hospital Zacarias, levando aos enfermos a palavra amiga, o ouvido fraterno e distribuindo artigos de higiene pessoal. Mas, há vinte e três anos, Ana Maria Guerra e Hamilton Guerra começaram a coordenar essa atividade modificando o seu perfil inicial e, uma vez por mês – 3º domingo –, passou-se a visitar, em caravana, Instituições de amparo a crianças, adultos e idosos, como orfanatos, asilos, casas de repouso e saúde, hospitais e Instituições de apoio a deficientes físicos e/ou mentais, existentes na cidade do Rio de Janeiro e na Baixada Fluminense e que se mantêm apenas com doações.

As visitas são programadas com antecedência, pois necessita-se saber o número de internos, localização da Instituição, quem são os responsáveis, o que mais necessitam e se é viável levar um saboroso lanche compartilhado entre internos e visitantes, além da alegria e da música.

Nesse calendário anual de visitas do CEACE há uma programação fixa:

  • A visita à COLÔNIA DE CURUPAITI, no terceiro domingo de outubro, quando é feita a campanha do óleo de soja para o Centro Espírita Filhos de Deus.

Atualmente, o Coordenador da VISITA FRATERNA é Luiz Élson Ribeiro da Rosa, que dá

continuidade  a esse exercício de desenvolvimento da solidariedade e fraternidade que qualquer pessoa pode participar.

O aviso da VISITA FRATERNA é dado no início das reuniões públicas, afixado no quadro de avisos, na entrada da Casa e colocado, todo mês, no Site do CEACE.