Encontro de casais

“ A união permanente de dois seres reflete as Leis Divinas, em seu contexto de perfeição e sabedoria, o que dá a tais uniões sentido de grandeza e respeitabilidade.”  ( Emmanuel )

O 1º Encontro de Casais no CEACE  ocorreu em 1994 e foi realizado por três casais, trabalhadores da Casa que adaptaram-no às diretrizes da Doutrina Espírita, pois seu modelo era  o utilizado na Igreja Católica. Foi um sucesso, atingindo em cheio seu intuito: remexer o que estava adormecido nos casais, renovando e revigorando os laços de amor que os unia.

O interessante é que o trabalho não terminou com o Encontro, pois foram incentivados os pós-encontros, que realizavam-se, em média, a cada 2 ou 3 meses por ano, fazendo com que a amizade e o entendimento criasse fortes vínculos de afeição entre os casais que participaram desse 1º Encontro.

Durante cinco anos, infelizmente, não houve novos Encontros, mas em 1999, quatro dos casais que haviam participado desse primeiro evento, obtiveram permissão da Diretoria do CEACE para retomar o trabalho que ficara estacionado. E, em 2000, idealizam e executam o II Encontro de Casais do CEACE. Trabalho tão lindo e importante para os dias atuais, em que tantas discórdias e separações se verificam , não poderia  cair no esquecimento e na inatividade.

Reconstruir os passos desse trabalho exigiu, de seus organizadores, muita paciência, perseverança, boa-vontade, imenso amor e o concurso incondicional da Espiritualidade Maior e de dois trabalhadores incansáveis da Casa: Maria Aparecida Gondar Carrullo e José Alberto Pastana.

A partir daí o trabalho não mais parou e é reeditado a cada dois anos – 2002, 2004, 2006, 2008, 2010, 2012 - , com enorme sucesso, muita emoção e pós-encontros; em 2014, dias 29 e 30 de novembro acontecerá  o  IX ENCONTRO DE CASAIS DO CEACE.

É o espaço e o momento, no qual os casais refletem, trocam experiências, vivenciam alegrias, conhecem novos amigos e exercitam o AMOR e a HARMONIA em sua plenitude, em dois dias de prazeroso encontro – em uma tarde de sábado e domingo, o dia inteiro.

É a visão do AMOR à luz do Evangelho de Jesus e do Espiritismo.